rede-brasil-inovador-2024-inovacao-esg-ia-cni-cna-cnc-hub-startups-sebrae-espirito-santo-es-esx-programacao-aldo-rosa-1
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-esg-hub-cni-cna-cnc-instituto-ayrton-senna-campanha-30-anos-5
industria-inovadora-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-innovation-startup-aldo-rosa-ceo-palestrante-cni-sesi-senai-iel-missoes-fiesp-ciesp-acelera-3

Parque Tecnológico de Santos inaugura centro de inovação e abre inscrições

Parque Tecnológico de Santos inaugura centro de inovação e abre inscrições

Parque Tecnológico de Santos inaugura centro de inovação e abre inscrições

Dentro das comemorações dos 478 anos de Santos, foram entregues nesta quarta (31) os novos espaços do prédio para eventos, capacitações, trabalho compartilhado.

Investimento realizado em quatro andares do edifício de 7 mil m² é resultado de Termo de Responsabilidade de Implantação de Medidas Mitigadoras e/ou Compensatórias (Trimmc), no valor de R$ 3,9 milhões / Francisco Arrais/PMS

Os profissionais e demais integrantes do ecossistema de inovação da região contam agora com uma ampla infraestrutura de apoio na sede do Parque Tecnológico de Santos (Vila Nova). Dentro das comemorações dos 478 anos de Santos, foram entregues nesta quarta-feira (31) os novos espaços do prédio para eventos, capacitações, trabalho compartilhado e outras atividades que darão vida ao hub (centro) com startups e empresas de vários segmentos.

O investimento realizado em quatro andares do edifício de 7 mil m² é resultado de Termo de Responsabilidade de Implantação de Medidas Mitigadoras e/ou Compensatórias (Trimmc), no valor de R$ 3,9 milhões, formalizado entre a Prefeitura de Santos e a empresa Bracell Celulose.

Também houve aplicação de R$ 400 mil de recursos municipais e de R$ 500 mil da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, destinados para compra de parte do mobiliário e equipamentos audiovisuais, totalizando R$ 4,8 milhões de investimentos.

“As intervenções realizadas aqui no Parque Tecnológico são mais um exemplo de parceria de sucesso entre poder público e iniciativa privada. Esta união vai promover inovação tecnológica e desenvolvimento sustentável, além de gerar mais emprego e renda na nossa cidade”, destacou o prefeito Rogério Santos, lembrando que as iniciativas desenvolvidas nos novos espaços vão beneficiar diversos setores da economia local, como as áreas portuária e turística.

“Estamos felizes em contribuir com Santos nesta iniciativa que é uma contrapartida de nossa obra do terminal portuário. A entrega das obras de ativação do Parque Tecnológico é uma crença no empreendedorismo e na capacidade de inovação da comunidade santista”, ressalta o diretor comercial e de logística da Bracell Celulose, Alberto Pagano.

Já para Manoel Browne, diretor de Relações Institucionais, Governamentais e Comunidades da Bracell, a inauguração ressalta os esforços da empresa de investir em parcerias voltadas ao desenvolvimento dos locais de atuação. “Acreditamos que a inovação é uma ferramenta que amplia possibilidades de crescimento. Temos orgulho de contribuir com a cidade em um projeto relevante como o Parque Tecnológico”, destacou.

ESTRUTURA

As intervenções proporcionaram melhorias como climatização, mobiliário, iluminação, instalação da parte elétrica, equipamentos de informática, entre outras, em quatro pavimentos (térreo, 3º, 4º e 5º andares). No térreo, há uma nova recepção, área de espera com mobiliário para eventos ou exposições e três escritórios. Nos outros andares ficam os espaços de coworking (para trabalho compartilhado).

No terceiro, são nove salas (privativas e de reuniões), três cabines para videochamada, 42 posições de trabalho, salas de treinamento e estúdios, além de refeitório. E, no quarto pavimento, serão 13 salas, seis cabines para videochamada, 78 posições de trabalho. Também no terceiro há área de descompressão (mesas bistrô, sofá, TV, videogame, sinuca, tênis de mesa etc.).

As salas e cabines levam nomes de áreas, pontos turísticos e expressões santistas como Bolsa do Café, Monte Serrat, Marapé, Macuco, Vila Belmiro, Zona Noroeste, Quebra-Mar e Magrela. Nas paredes, também há identidade visual e frases relacionadas ao mundo da tecnologia e inovação.

E, no quinto pavimento, foi implementando um auditório de ponta climatizado e com capacidade para 130 pessoas, que servirá para palestras, eventos e capacitações.

Já o sexto andar, onde estão os espaços administrativos e laboratórios, está equipado desde a inauguração do prédio no final de 2020, empreendimento que contou com investimentos de quase R$ 20 milhões, sendo R$ 7,9 milhões do governo estadual e R$ 11,9 milhões de Trimmc entre a Prefeitura e a empresa Ecoporto.

EDITAL DE INCUBAÇÃO

Nesta quinta (1º), será publicado no Diário Oficial de Santos o edital de chamamento público para seleção de projetos de empreendimentos de base tecnológica e inovação que farão parte da Incubadora de Empresas do Parque Tecnológico de Santos.  A autorização para a publicação foi dada pelo prefeito Rogério Santos durante a entrega do hub de inovação.

Haverá vagas nas modalidades residentes em coworking, residente modular e não residentes com valores acessíveis, além da isenção da mensalidade para vencedores de concursos e eventos/feiras de inovação e tecnologia e beneficiários de programas de transferência de renda ou de assistência social.

As inscrições são feitas pelo site da FPTS (fpts.org.br) e destinadas a pessoas físicas e jurídicas, a exemplo de profissionais, startups, grupos empresariais, instituições de ensino, fundações e institutos que, preferencialmente, atuem nos eixos de Porto e Energia; Cidades Inteligentes, Humanas e Sustentáveis; Comunidade e Relações Humanas; Economia Azul; Saúde, Bem-Estar e Esporte e Games.

Os incubados residentes contarão com assentos de trabalho, infraestrutura de internet de alta velocidade e serviços de rede, facilidades (vigilância e limpeza das áreas comuns), água e energia, climatização, copa e refeitório, participação em eventos, acesso a fontes de financiamento e programas de subsídios, treinamento e desenvolvimento, mentoria e consultoria, sala de reuniões, auditório e área de descompressão, endereço fiscal e serviços administrativos.

“Estamos presenciando um momento histórico e transformador para nosso ecossistema. Com nossas novas instalações, ofereceremos capacitações, acesso a recursos de fomento e uma ampla rede de apoio. Isso será um divisor de águas para uma variedade de atores, desde empreendedores em fase inicial, passando por pesquisadores, até grandes empresas e investidores engajados em transformações digitais. Nosso foco é criar um ambiente propício para que todos possam se conectar, colaborar e prosperar no vibrante ecossistema de inovação e startups”, explica o presidente da Fundação Parque Tecnológico de Santos, Eduardo Bittencourt.

Leia mais em:
https://www.diariodolitoral.com.br/