Record TV – Mídia
http://comercial.recordtv.com.br/


R. da Várzea, 240
Várzea da Barra Funda São Paulo – SP
01140-080

(11) 3300-4000



Record é uma rede de televisão comercial aberta brasileira. Atualmente é a terceira maior emissora de TV comercial do Brasil, e a 28.ª maior no ranking mundial de 2012. Em 2010, foi eleita pelo mercado publicitário como a quinta maior emissora do mundo em faturamento e a oitava maior rede em estrutura física. Em dezembro de 2021, ocupou a segunda colocação dentre os canais mais assistidos do país no Painel Nacional de Televisão, atrás apenas da TV Globo.

Principal integrante do Grupo Record, a rede está sediada na cidade de São Paulo, de onde também é gerada, no Teatro Dermeval Gonçalves, maior parte de sua programação, e conta com sucursal no Rio de Janeiro, onde são produzidas, no complexo Casablanca Estúdios (RecNov), suas telenovelas e outros formatos. Sua cobertura nacional se dá pela retransmissão de 111 emissoras, sendo quinze próprias e 96 afiliadas.

Sua estação geradora foi inaugurada na capital paulista em 27 de setembro de 1953 pelo empresário Paulo Machado de Carvalho, proprietário até então de um conglomerado de rádios, através de concessão obtida em novembro de 1950, ano em que a televisão foi lançada no Brasil. A Record foi a quarta emissora a operar no país após a TV Tupi São Paulo (1950), a TV Tupi Rio de Janeiro (1951) e a TV Paulista (1952).

Ao decorrer da década de 1960, o canal tornou-se popular, chegando a liderar em audiência, com a exibição de festivais musicais como os de MPB e Jovem Guarda. Neste período, a Record encabeçava a Rede de Emissoras Independentes (REI), cadeia que integrava estações de diversas localidades do Brasil. Na década de 1970, o empresário e apresentador de TV Silvio Santos adquire metade das ações do canal através de sociedade com os Machado de Carvalho. Em 1989, a Record, após estar sob situação financeira desfavorável na segunda metade daquela década, foi vendida ao bispo Edir Macedo, fundador e líder da Igreja Universal do Reino de Deus.

A nova aquisição impulsionou grandes investimentos na estrutura da emissora, que na década de 1990 formou sua rede nacional com compras de canais e afiliações, resultando em seu posicionamento, de 2007 a 2015, como a segunda maior rede do país em audiência e faturamento até ser ultrapassada pelo SBT. No entanto, volta a ocupar desde 2020 a vice-liderança, ultrapassando novamente o canal de Silvio Santos.

A partir de 2012, ambas as emissoras passaram a disputar intensamente décimos pontuais e a revezar-se no ranking do IBOPE.

Subcategorias

  • TV