Porto Digital – Hubs de Inovação
https://www.portodigital.org/


Cais do Apolo, 222
Bairro do Recife, Recife – PE
50030-230
(81) 3419 – 8014



Localizado no Recife, o Porto Digital é considerado um dos principais parques tecnológicos do Brasil

Criado no ano 2000, o Porto Digital surgiu com o objetivo de ser uma política pública para o desenvolvimento do setor de tecnologia da informação em Pernambuco

Na virada dó século 21, surgiu a necessidade de criar uma nova agenda para a economia do Estado de Pernambuco. Assim, empresários, membros da academia e representantes do setor público decidiram levar ao governo estadual a ideia de criar uma política pública para o setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) que interligasse atores, empresas e organizações que até então agiam de forma independente e isolada.

A ideia do grupo era aproveitar uma região atrativa para a inovação e estimular mudanças econômicas e sociais para gerar mais riqueza, emprego e renda no Estado de Pernambuco. A iniciativa de criar um ambiente de negócios surgiu no ano de 2000, quando o governo estadual decidiu investir R$ 33 milhões, o volume necessário para consolidar a infraestrutura do Parque. Empresas de telecomunicações investiram R$ 1 milhão em infraestrutura e empresas privadas fizeram investimento de R$ 10 milhões.

Com base no modelo Triple Helix(hélice tripla), foi criada uma Organização Social (OS), o Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD), para administrar o parque tecnológico e trazer investimentos e negócios até a região. O NGPD tem como propósito estruturar e promover a gestão autossustentada de um ambiente de negócios de classe mundial. Além disso, tem o objetivo de propiciar o melhor ambiente para que as empresas localizadas no território do Porto Digital possam ter mais competitividade no mercado mundo afora.

O Porto Digital é um dos principais parques tecnológicos e ambientes de inovação do Brasil e é um dos representantes da nova economia do Estado de Pernambuco. Instalado na área central do Recife, sua atuação se dá nos eixos de produção de software e serviços de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), Economia Criativa, além do foco no futuro das cidades por meio de prototipação com base em fabricação digital e internet das coisas (IoT).

Reconhecido por sua territorialidade singular entre os ambientes de inovação, o Porto Digital é um parque urbano e aberto instalado no centro histórico do Bairro do Recife, mas já conta com áreas de expansão para os bairros de Santo Antônio, São José e Santo Amaro – o que totaliza uma área total de 171 hectares na capital pernambucana. A região, antes degradada e de pouca influência na economia local, vem sendo requalificada de forma acelerada em termos urbanísticos, imobiliários e de recuperação do patrimônio histórico edificado. Desde a fundação do parque tecnológico, em 2000, já foram restaurados mais de 138 mil metros quadrados de imóveis históricos.

O Porto Digital é fruto e referência nacional de uma ação coordenada entre governo, academia e empresas, conhecido como modelo “Triple Helix”. Essa iniciativa propiciou o ambiente necessário para fazer com que o Porto Digital se transformasse em um dos principais ambientes de inovação do País e fosse eleito, por três vezes, o melhor parque tecnológico do Brasil nos anos de 2007, 2011 e 2015 pela Associação Nacional de Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec).

Na sua fundação, o parque tecnológico era formado por apenas três empresas e 46 pessoas. Atualmente, o Porto Digital abriga mais de 350 empresas, organizações de fomento e órgãos de Governo, com 17 mil profissionais e empreendedores. Esses empreendimentos geram um faturamento anual de mais de R$ 4,75 bilhões em 2022 e já é considerado o terceiro maior setor de serviços na capital pernambucana. Empresas de vários portes compõem o ecossistema do Porto Digital: de startups a multinacionais, como a Accenture, que transformou o Bairro do Recife em uma de suas áreas de atuação estratégica.

Em fevereiro de 2017, o Porto Digital inaugurou um novo prédio: o Apolo 235, um sobrado com 1.500 metros quadrados que reúne, em um único ambiente, as iniciativas de empreendedorismo, Economia Criativa e fabricação digital. Com uma abordagem de estímulo às conexões entre empreendimentos inovadores, o espaço agregador foi pensado para gerar impacto no ecossistema local. O equipamento foi construído com recursos do Governo de Pernambuco e do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Projetos

O Porto Digital administra dezenas de projetos voltados à melhoria da competitividade do setor de Tecnologia da Informação e Comunicação, Economia Criativa, além de promover ações de sustentabilidade e melhoria do bem-estar nas cidades e mobilidade urbana.

Open Innovation Lab

Participar de iniciativas de inovação aberta de grandes companhias e instituições públicas pode se tornar um diferencial na trajetória de uma empresa ou startup. Foi com o pensamento voltado para conectar o ecossistema expandido de inovação e grandes clientes corporativos que o Porto Digital criou o Open Innovation Lab (OIL) – programa de inovação aberta que reúne ações que vão desde a sensibilização de colaboradores a investimento em desenvolvimento de soluções digitais.

REC’n’Play

Com workshops, palestras, exibições, hackathons, shows, torneios de e-sports e rodadas de negócios, o REC’n’Play é o maior festival do conhecimento do Nordeste e chegou a mais de 40 mil inscritos em 2022. A iniciativa ocupa prédios e ruas do Bairro do Recife durante quatro dias e funciona com três pilares: educação, negócios e entretenimento. Em sua exploração de tendências tecnológicas e criativas, o REC’n’Play é ponto focal de quem se interessa por internet das coisas, robótica, fabricação digital, games, audiovisual, fotografia, design, música, sustentabilidade e clima no âmbito das cidades inteligentes. Além disso, deixar legado é um dos principais propósitos do festival, que busca reunir diferentes perspectivas, ideias e opiniões sobre os desafios vividos pelas pessoas diariamente.

Programa MINAs

O programa Mulheres em Inovação, Negócios e Artes (MINAs) tem como objetivo fortalecer a presença de mulheres nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e Economia Criativa, com foco em Pernambuco, especialmente nas cidades do Recife e Caruaru. As MINAs tem como princípios a desmistificação da ideia de que tecnologia não é “lugar de mulher”; além de transformar o ambiente educacional e profissional de tecnologia em uma realidade com maior presença feminina, mais acolhedor às mulheres e com igualdade de oportunidades. As MINAs do Porto Digital ainda tem como base a construção coletiva e feminina das ações – um programa para mulheres e por mulheres – e a inserção da perspectiva da equidade de gênero de forma transversal aos demais programas promovidos pelo Porto Digital.

Portomídia

Um dos principais projetos do Porto Digital é seu braço de Economia Criativa, o Portomídia, que conta com laboratórios de finalização, de edição de imagem, animação e ilustração, pré-mixagem e de correção de cor e mixagem. Além da incubadora própria, o Portomídia abriga diversos programas de qualificação, exibição e desenvolvimento nas áreas de design, cine-vídeo-animação, games, mídias digitais, fotografia e música.

Entre os equipamentos de última geração disponíveis nos laboratórios estão projetor de cinema 4K e sistema de som surround JBL, voltados para a pós-produção de filmes com estrutura de cinema de verdade.

Armazém da Criatividade (Caruaru)

Seguindo conceitos do Portomídia, o Armazém da Criatividade é uma unidade avançada do Porto Digital no município de Caruaru, no Agreste pernambucano. O ambiente, inaugurado em setembro de 2015, conta com estrutura, incubadoras e crédito próprios para desenvolver empresas em diversas áreas temáticas, realçando as vocações ligadas à cadeia produtiva do setor têxtil, uma das principais marcas da região.

Com amplo espaço, o Armazém conta com showroom, salas de reunião e treinamento, espaço coworking, laboratórios de prototipagem (impressão, corte e costura), laboratório de criação (mesa audaces, impressoras 3D, ilhas de edição, mesas digitalizadoras), laboratório de fotografia, de música e de edição de imagem e plotter de impressão.

LOUCo

Além de lançar-se em um processo de interiorização, as novas cidades inteligentes e o futuro dos ambientes urbanos fazem parte da preocupação presente no Porto Digital, por meio do Laboratório de Objetos Urbanos Conectados, o LOUCo, um ambiente para experimentação, desenvolvimento e prototipagem em fabricação digital e internet das coisas (IoT).

O LOUCo é equipado com impressoras e scanner 3D, cortadora laser, fresa de precisão e uma biblioteca de softwares e sensores que permitem a estudantes, startups e empresas desenvolverem, desde a ideação até o protótipo final, soluções para o bem-estar das grandes cidades.

Novos Negócios

Desenvolver um ambiente favorável à criação de novos negócios inovadores é um dos principais objetivos do Porto Digital. Para isso, o parque conta com incubadoras de empresas: a JUMP Brasil, voltada para Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e economia criativa, e a incubadora de negócios do Armazém da Criatividade, em Caruaru.

Além de incubar e acelerar novos negócios, o Porto Digital investe na formação empreendedora por meio do Mind the Bizz, que estimula empresas nascentes a formatarem um mínimo produto viável para seus negócios em um processo mais curto, de 10 semanas.

O Porto Digital é um dos principais parques tecnológicos e ambientes de inovação do Brasil e é um dos representantes da nova economia do Estado de Pernambuco. Localizado no Recife, sua atuação se dá nos eixos de software e serviços de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e Economia Criativa (EC), com ênfase nos segmentos de games, cine-vídeo, animação, música, fotografia e design. Desde 2015, o Porto Digital também passou a atuar no setor de tecnologias urbanas como área estratégica.

Reconhecido por sua territorialidade singular entre parques tecnológicos, o Porto Digital é um parque urbano instalado no centro histórico do Bairro do Recife e nos bairro de Santo Amaro, Santo Antônio e São José, totalizando uma área de 171 hectares na capital pernambucana. A região, antes degradada e de pouca importância para a economia local, vem sendo requalificada de forma acelerada em termos urbanísticos, imobiliários e de recuperação do patrimônio histórico edificado desde a fundação do parque, em 2000. Desde então, já foram restaurados mais de 138 mil metros quadrados de imóveis históricos.

O Porto Digital é fruto e referência nacional de uma ação coordenada entre governo, academia e empresas, conhecido como modelo “Triple Helix”. Essa iniciativa propiciou o ambiente necessário para fazer com que o Porto Digital se transformasse num dos principais ambientes de inovação do País. O Porto Digital foi considerado pela Associação Nacional de Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), em 2007, 2011 e 2015, o melhor parque tecnológico do Brasil.

Desde o final de 2014, o parque também opera na cidade de Caruaru, localizada no Agreste do Estado de Pernambuco, com o Armazém da Criatividade.

Subcategorias

  • Parques