rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-esg-hub-cni-cna-cnc-instituto-ayrton-senna-campanha-30-anos-5
marcas-e-lideres-2024-rede-brasilinovador-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-corporates-investimento-febraban-tech-ciber-seguranca-bancos
rede-rs-cidade-2024-brasil-inovador-rio-grande-sul-aldo-rosa-ceo-reconstrucao-doacoes-resgate-acolhimento-abrigo-municipio-enchente-randoncorp-daniel-instituto-elisabetha-randon
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-aldo-rosa-ceo-palestrante-cna-senar-agronegocio-gaff-agribusiness-festival-xp-sp
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-esg-hub-c6-invest-bank-banco-digital-gisele-bundchen-(9)
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-esg-hub-cni-cna-cnc-cnt-ntc-universo-totvs-sp-2
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-esg-hub-cni-cna-cnc-startse-ai-day
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ia-esg-ecossistema-startup-investidor-venture-capital-hub-cni-cna-cnc-sebrae-governo-minas-summit-belo-horizonte-1
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ia-esg-ecossistema-startup-investidor-hub-cni-cna-cnc-sebrae-ai-summit-inteligencia-artificial-1

Grupo com 270 investidores-anjo busca startups para aportar até R$ 10 milhões; veja os requisitos

Grupo com 270 investidores-anjo busca startups para aportar até R$ 10 milhões; veja os requisitos

Associação nacional de investidores-anjos composta por mais de 270 CEOs, o BR Angels está organizando uma nova rodada de investimentos em startups. Desta vez, o capital disponível para as empresas será de 10 milhões de reais. O grupo irá destinar um tíquete médio entre 1 milhão e 2 milhões de reais para dez novas empresas.

A ideia é buscar startups das seguintes categorias:

  • ESG
  • Agronegócio
  • Energia
  • Finanças
  • Saúde
  • Economia real

Aliás, será a primeira vez que a BR Angels irá aportar na categoria que chama de “economia real”, que contempla varejo e serviços com operações físicas e não apenas digitais.

“O BR Angels tem um DNA digital, ou seja, procuramos até aqui investir em startups de tecnologia que apresentem modelos de negócios inovadores e escaláveis”, diz Orlando Cintra, CEO do BR Angels. “No entanto, sempre tivemos muita procura por startups 100% economia real. Com o mercado mais maduro para modelos economicamente sustentáveis, a partir de agora vamos também passar a avaliar essas oportunidades. Estes negócios podem não crescer tão rápido como negócios da economia digital, porém podem ser mais sólidos e duradouros, diria que até menos frágeis”. Como exemplos, o executivo fala de lojas de vestuário e estabelecimentos alimentícios.

Quais os pré-requisitos

Uma série de critérios serão levados em conta para decidir quais as startups que receberão os cheques.

  • Modelo de negócio inovador e escalável
  • Modelo de negócio economicamente sustentável
  • Time de fundadores
  • Estágio de desenvolvimento
  • Perspectiva de alcançar o breakeven
  • Capacidade da startup de atacar uma dor real do mercado

“Atualmente recebemos mais de duzentas inscrições mensais de startups que desejam ser investidas pelo BR Angels”, afirma Cintra. “A seleção não se limita aos dados fornecidos no formulário do site, ela tem várias etapas e culmina na apresentação de um pitch sobre o negócio em uma plenária com os nossos associados, todos especialistas naquele setor. São duas chances de ser selecionada e, mesmo que a startup não seja escolhida para receber o incentivo financeiro, garantimos ao menos duas indicações para a nossa rede de mais de setenta parceiros estratégicos, dentre hubs de inovação, VCs e empresas, já que a nossa missão principal é impulsionar o ecossistema de inovação brasileiro da melhor forma possível”.

Como é o foco em mentoria

Além do aporte financeiro, as startups selecionadas receberão consultoria e mentoria destes CEOs que foram o grupo de investidores-anjos.

“O principal é todo capital intelectual que temos para prover mentoria, abrir portas comerciais para as startups”, afirma Cintra. “A ideia é que a startup tenha um excelente complemento no que ela procura. Isto faz parte da nossa tese e conta muito no processo”.

Com quatro anos de atividade, o BR Angels já investiu em 28 startups de variados segmentos. Atualmente, seu portfólio soma um valuation de mais de 1 bilhão de reais. Entre as investidas estão a Dialog, de recursos humanos, e a VUXX, de alimentos, que foi adquirido pela Box Delivery que, por sua vez, faz parte da unicórnio Rappi.

Quem faz parte do BR Angels

Entre os executivos associados do BR Angels estão:

  • Renato Franklin, CEO do Grupo Casas Bahia (Via)
  • Amanda Andreone, Country Manager da Genesys
  • Patrick Larragoiti Lucas, membro do Conselho da Rede D’Or São Luiz
  • Marco Castro, sócio-presidente da PWC Brasil
  • Sergio Averbach, Chairman da INSEAD e do Grupo EP&A

https://exame.com