rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-esg-hub-c6-invest-bank-banco-digital-gisele-bundchen-(9)
super-inovador-varejo-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-hub-startup-aldo-rosa-ceo-palestrante-abras-supermercado-gs1-brasil-em-codigo-1d-2d-(16)
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-esg-hub-cni-cna-cnc-cnt-ntc-sebrae-avenue-connection-itau-jp-morgan-blackrock
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-ai-esg-hub-cni-cna-cnc-cnt-ntc-sebrae-floripa-conecta-acate-sc-florianopolis-4

O Mescla, hub de inovação da PUC, foi destaque no Campinas Innovation Week

O Mescla, hub de inovação da PUC, foi destaque no Campinas Innovation Week

COM ESTANDE REPLETO DE ATRAÇÕES, MESCLA, DA PUC-CAMPINAS, MARCA PRESENÇA NO CAMPINAS INNOVATION WEEK

Estande trouxe atividades interativas e novidades para apresentar ao público visitante

O Mescla, hub de inovação da PUC-Campinas, foi destaque no Campinas Innovation Week, realizado entre os dias 10 e 14 de junho, no interior do prédio da Oficina de Locomotiva da Companhia Mogiana de Estrada de Ferro (Prédio do Relógio). No estande, montado dentro do evento, os profissionais da PUC-Campinas apresentaram programas, proporcionaram experiências imersivas ao público e também demonstrações.

Durante os quatro dias, os profissionais do Mescla, apresentaram aos participantes as atrações que realizam na programação anual, como programas de empreendedorismo (CRIA e Motiv.se); a cultura de cocriação, com FabLab ligado à rede global e detalhes sobre o AIoTLab Brasil, criado através de parceria entre a PUC-Campinas e empresas do segmento de IoT, Inteligência Artificial e conectividade. Os visitantes também puderam participar de experiências com dispositivos de sensores de AIoT, sensor de nível de líquido, visão computacional com óculos específicos e da realidade virtual, fornecidos pela Nokia.

O evento também teve na agenda um painel com a Gerente de Inovação da PUC-Campinas, Diane Teo de Moraes, junto a profissionais do CNPEM e Unicamp, sobre a inovação e o impacto no ecossistema de Campinas. Além disso, o HIDS (Hub Internacional de Desenvolvimento Sustentável) foi assunto debatido durante a semana, com a presença dos reitores da PUC-Campinas, Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior, e da Unicamp, Antônio José de Almeida Meirelles, o Tom Zé. Durante os dias de evento, o estande da Universidade também recebeu a visita do Secretário de Relações Institucionais do Estado de São Paulo, Gilberto Kassab.

“Essa proposta, que nasce da prefeitura, tendo à frente a secretária de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação de Campinas, Adriana Flosi, proporcionou a organização de grandes eventos na cidade e fortalece a imagem de Campinas como uma cidade inovadora. O Campinas Innovation Week é um evento extremamente importante e reposiciona a cidade no contexto da inovação do país”, afirmou o Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior, Reitor da PUC-Campinas.

“É a iniciativa mais ambiciosa das nossas universidades, instituições e prefeitura, porque está olhando uma perspectiva de longo prazo, ancorada na tradição de Campinas, de ciência, tecnologia e inovação, que é muito antiga. Essa tradição pode gerar chances de desenvolvimento muito maiores para a nossa região, para o estado e todo país. O HIDS é um distrito que reúne todos esses agentes que formam gente, geram ciência e tecnologia, e o mundo privado, para, juntos, transformar produtos, criar serviços e processos para melhorar a vida das pessoas, com desenvolvimento sustentável e que gere inclusão”, comentou o Reitor da Unicamp. Dentro do Campinas Innovation Week, também foram realizados outros eventos: Retail Conference; Inova Trade Show; TechStart Summit; e a OiWeek.

“A PUC-Campinas tem um papel importante e vem impactando o ecossistema de inovação desde a formação, que é a missão da Universidade. Quando observamos esses ecossistemas de inovação de sucesso, há sempre uma universidade. E, no nosso caso, duas grandes universidades (PUC-Campinas e Unicamp) e institutos de pesquisa ancorando esse processo. A PUC-Campinas, nos últimos anos, vem ampliando a atuação, com o olhar da tríplice hélice. O Mescla surge para fortalecer as parcerias com o mercado e esse resultado está sendo mostrado hoje.  Trouxemos empresas parceiras com soluções voltadas para as cidades, com olhar de sustentabilidade, e também novas tecnologias, em um momento em que a economia também se transforma”, disse a gerente de Inovação, Diane Teo de Moraes.

Ao todo, foram realizadas cerca de 50 palestras, em quatro dias, sobre assuntos ligados à sustentabilidade, transformação digital, indústria 4.0, inteligência artificial, comunicação, empreendedorismo, agronegócio, ecossistemas de negócios, transição energética, marketing digital, indústria e tecnologia. Entre os palestrantes estão representantes do CPQD, Unicamp, iFood, Instituto Ethos, Enel Trading, Associação Brasileira de Indústria de Alimentos (ABIA), Centro de Pesquisas Petrobras, Cepetro, Bosch, Stanley, Ciesp e Fiesp, entre outros.