rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-esg-hub-c6-invest-bank-banco-digital-gisele-bundchen-(9)
super-inovador-varejo-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-hub-startup-aldo-rosa-ceo-palestrante-abras-supermercado-gs1-brasil-em-codigo-1d-2d-(16)
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-esg-hub-cni-cna-cnc-cnt-ntc-sebrae-avenue-connection-itau-jp-morgan-blackrock
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-ai-esg-hub-cni-cna-cnc-cnt-ntc-sebrae-floripa-conecta-acate-sc-florianopolis-4

Construsul: Controle de acesso por reconhecimento facial cresceu aproximadamente 40% no último ano impulsionado pela segurança e eficiência

Construsul: Controle de acesso por reconhecimento facial cresceu aproximadamente 40% no último ano impulsionado pela segurança e eficiência

A Construsul, maior feira de construção civil do Sul do Brasil, traz em sua 24ª edição uma série de atrações para quem busca inovações nos sistemas de acesso, sejam residenciais, comerciais, ou industriais. Um dos itens que mais chama a atenção é o controle de reconhecimento fácil, que teve, no último ano, uma média de crescimento expressiva.

O gestor de projetos do Grupo Sat, Gabriel Becker, atribui esse fenômeno ao fato de que a tecnologia tornou-se muito mais acessível financeiramente do que no passado.

“Sem dúvida, houve um aumento significativo na busca por esse produto. Hoje, o reconhecimento facial se tornou de baixo custo e ficou em termos de preço muito próximo à biometria e, por questões de falhas, é muito mais eficiente. Com a biometria, se a pessoa estiver com o dedo sujo ou alguma sujeira, a abertura não acontece. Já com o reconhecimento facial, não importa se você está de máscara, boné ou chapéu, ele vai fazer a leitura”, explicou.

A tecnologia exibida no estande tem capacidade de analisar oitenta e seis pontos faciais. A maior procura pelo produto tem sido de estabelecimentos residenciais ou comerciais, áreas de condomínios e empresas de grande porte, onde é necessário proteger e garantir a segurança de uma área específica. Em condomínios, ele atua principalmente para evitar que os moradores precisem usar controles, tags, crachás, senhas e assim por diante.

No estande da Dimep Sistemas, o visitante pode conhecer catracas e sistemas de controle de acesso com reconhecimento facial. Relógios de ponto e software de gestão de força de trabalho também fazem parte do portfólio, além de cancelas e totens para estacionamentos.

Outra aplicação da tecnologia no acesso de pessoas são fechaduras eletrônicas. A mais nova Fechadura Digital SDD200 da Silvana é uma das atrações na Construsul com design moderno e compacto, a peça conta com abertura por senha, fechamento automático, modo privacidade e alarme de violação.

A MA TV Sul também aposta na tecnologia de reconhecimento facial. O controle de acesso sem contato físico, diminui o risco de contágio de doenças em empresas, universidades e condomínios. A linha conta ainda com medição térmica, reconhecimento de face com máscara e a leitura mais rápida do mercado, evitando filas e aglomerações no acesso. Um dos itens destaques permite, através do protocolo SIP, a comunicação da portaria por vídeo e áudio, utilizando o controlador como um vídeo porteiro com reconhecimento facial.

Construsul – 24ª Feira Internacional da Construção

Data: 1 a 4 de agosto de 2023
Horário: Das 13h às 21h
Local: Pavilhão do Centro de Eventos FIERGS
Endereço: Av. Assis Brasil, 8787 – Sarandi, Porto Alegre/RS
Mais informações: https://feiraconstrusul.com.br/home/


Visite:
https://feiraconstrusul.com.br/