rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-esg-hub-cni-cna-cnc-instituto-ayrton-senna-campanha-30-anos-5
rede-rs-cidade-2024-brasil-inovador-rio-grande-sul-aldo-rosa-ceo-reconstrucao-doacoes-resgate-acolhimento-abrigo-municipio-enchente-randoncorp-daniel-instituto-elisabetha-randon
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-esg-hub-c6-invest-bank-banco-digital-gisele-bundchen-(9)
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ia-esg-ecossistema-startup-investidor-hub-cni-cna-cnc-sebrae-ai-summit-inteligencia-artificial-1
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-esg-hub-cni-cna-cnc-cnt-ntc-sebrae-pegn-pequenas-grandes-100-to-watch-inscricoes
super-inovador-varejo-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-hub-startup-aldo-rosa-ceo-palestrante-abras-supermercado-gs1-brasil-em-codigo-1d-2d-(16)
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-esg-hub-cni-cna-cnc-cnt-ntc-sebrae-avenue-connection-itau-jp-morgan-blackrock
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-ai-esg-hub-cni-cna-cnc-cnt-ntc-sebrae-floripa-conecta-acate-sc-florianopolis-4
innovation-trends-2024-ecosystem-corporates-startups-hubs-universities-government-investors-aldo-cargnelutti-ceo-silicon-valley-sxsw-las-vegas-austin-2025

Concorrente da Tesla quer produzir robôs humanoides em massa

Concorrente da Tesla quer produzir robôs humanoides em massa

A Agility Robotics está concluindo a construção de uma fábrica no Oregon, Estados Unidos, onde planeja produzir em massa sua primeira linha de robôs humanoides: a Digit. Cada robô tem duas pernas e dois braços e é projetado para manobrar livremente e trabalhar ao lado de humanos em armazéns e fábricas.

Robôs humanoides da Agility Robotics

A instalação de 70 mil metros quadrados está sendo chamada de “RoboFab” e é a primeira do tipo da empresa. A Agility Robotics diz que a capacidade de produção máxima anual será de 10 mil unidades.

Mais de 500 pessoas serão contratadas para trabalhar no local. Mas por enquanto, a empresa diz estar focada na instalação e testes das primeiras linhas de produção.

É um esforço muito grande, não algo em que você aperta um interruptor e de repente o liga. O ponto de inflexão hoje é que estamos abrindo a fábrica, instalando as linhas de produção e começando a aumentar a capacidade e a escala com algo que nunca foi feito antes.

Segundo a empresa, o Digit conta com um fator de forma humano para que os robôs possam levantar, classificar e manobrar enquanto se mantêm equilibrados, e para que possam operar em ambientes onde passos ou outras estruturas poderiam limitar o uso da robótica. Os robôs são alimentados com baterias de íons de lítio recarregáveis.

As estruturas, no entanto, não contam com uma mão de cinco dedos. Em vez disso, parecem ser mais garras ou luvas

As mãos de estilo humano são muito complexas. Quando vejo robôs que têm cinco dedos, penso: ‘Oh, ótimo. Alguém construiu um robô, então eles construíram mais dois robôs nesse robô.’ Você deve ter uma ‘mão’ que não seja mais complexa do que você precisa para o trabalho.

Os robôs podem atravessar escadas, agachar-se em espaços apertados, descarregar contêineres e mover materiais para dentro ou para fora de um palete ou de um transportador e, em seguida, ajudar a classificar e dividir o material em outros paletes, de acordo com a Agility. A empresa planeja colocar os robôs para usar transportando materiais em torno de sua própria fábrica.

Os parceiros preferenciais da Agility serão os primeiros a receber os robôs no próximo ano, e a empresa só está vendendo os sistemas no curto prazo. O objetivo é vencer a concorrência da Tesla, que também atua no segmento de produção de robôs humanoides. As informações são da CNBC.

Robô Optimus, da Tesla
  • O robô da Tesla foi anunciado durante o evento AI Day da empresa em 2021.
  • Na ocasião, um ser humano fingiu ser um robô humanoide e fez movimentos de robô e de dança.
  • Já em maio de 2023 a Tesla mostrou vários protótipos de robôs em funcionamento que podiam andar e pegar coisas sem ajuda.
  • O CEO da empresa, Elon Musk, chegou a prever que o Optimus responderá pela ” maioria do valor de longo prazo da Tesla”.
  • A tecnologia, segundo fontes, poderia substituir humanos nas linhas de montagem de veículos fazendo tarefas repetitivas e até ajudar a vender os produtos da empresa.

https://olhardigital.com.br