rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-esg-hub-c6-invest-bank-banco-digital-gisele-bundchen-(9)
super-inovador-varejo-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-hub-startup-aldo-rosa-ceo-palestrante-abras-supermercado-gs1-brasil-em-codigo-1d-2d-(16)
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-esg-hub-cni-cna-cnc-cnt-ntc-sebrae-avenue-connection-itau-jp-morgan-blackrock
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-ai-esg-hub-cni-cna-cnc-cnt-ntc-sebrae-floripa-conecta-acate-sc-florianopolis-4

Colóquio Internacional de Bioética, Neuroética e Ética em IA de 08 a 12.04.24 em Porto Alegre

Colóquio Internacional de Bioética, Neuroética e Ética em IA de 08 a 12.04.24 em Porto Alegre

Colóquio internacional discutirá ética da IA na PUCRS

Na próxima semana, será realizado o 8° Colóquio Internacional de Bioética, Neuroética e Ética em IA (https://www.raies.org/8coloquiointernacional), no auditório do Prédio 9 da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), em Porto Alegre. O evento debaterá questões ligadas a esses temas. O objetivo é contribuir para a consolidação da pesquisa em ética da inteligência artificial e a regulamentação da IA no Brasil, integrando startups, empresas, sociedade e o ambiente acadêmico. Para isso, o evento reunirá pesquisadores, professores e alunos de pós-graduação entre 8 e 12 de abril.

Atualmente, o mundo vê a tecnologia avançar rapidamente, com destaque para a IA. Com um papel cada vez mais central na vida dos seres humanos, preceitos éticos e mecanismos de segurança devem acompanhar essa evolução. É nesse contexto que ocorre o colóquio. O evento integra o projeto RAIES (Rede de Inteligência Artificial Ética e Segura), que é desenvolvido com integrantes do NAVI – Hub de Ciência de Dados e Inteligência Artificial do Tecnopuc e tem o apoio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. “Temos vários participantes renomados que há vários anos trabalham na área, em universidades do Brasil e do mundo. A ideia é discutir o assunto de uma forma mais ampliada, para que todos nós tenhamos mais conhecimento sobre a área”, explica a pesquisadora da RAIES, vinculada ao NAVI, Aline Santos Barbosa, coordenadora 8º Colóquio de Bioética, Neuroética e Ética da IA.

A programação pode ser conferida em https://raies.org/coloquio-de-bioetica-neuroetica-e-etica-da-ia/#programa.

Para participar, não é necessário se inscrever. A inscrição, gratuita, é necessária para quem deseja receber certificado, e pode ser feita criando um login nesta página: https://webapp.pucrs.br/inscricao-siproex/?projeto=00fa9e6e34a8fa76

Alguns dos principais palestrantes são:

Carrie Muntean, cônsul-geral dos Estados Unidos em Porto Alegre
Antes de ser designada para o posto em Porto Alegre, Carrie foi vice-diretora do Escritório de Assuntos Centro-Americanos do Departamento de Estado. Ela também foi diretora de uma equipe dedicada a ampliar a cultura de liderança, gestão e inovação dentro do Departamento de Estado. Antes de seguir a carreira diplomática, Carrie se dedicou a pesquisar métodos para aprimorar a coleta de dados pelas academias nacionais de ciências dos Estados Unidos.

Letícia Batistela, presidente da Procempa
Iniciou sua trajetória atuando na construção de soluções para o uso legal da tecnologia em ambientes corporativos. Atuou na construção de institutos de inovação desde a ideia inicial até sua formação jurídica. Atualmente, é diretora presidente da Procempa e atua em soluções para impactar o cidadão de Porto Alegre.

Lisiane Lemos, secretária extraordinária de Inclusão Digital e Apoio às Políticas de Equidade do governo do RS
Em 2017, foi reconhecida pela revista Forbes na lista Under 30 dos mais jovens e brilhantes empreendedores em decorrência de suas atividades relacionadas à inclusão e à diversidade no ambiente corporativo. Em 2018, foi eleita uma das Pessoas Mais Influentes em Ascendência Africana (Mipad/ONU) com menos de 40 anos. Atualmente, é palestrante profissional de tecnologia, inovação, diversidade e inclusão no ambiente corporativo. Além disso, é professora convidada do MBA em Big Data e Analytics da PUCRS.

Jennifer Chandler, Ottawa University (Canadá)
É professora de Direito no Centro de Direito, Política e Ética em Saúde da Universidade de Ottawa, Canadá. Sua pesquisa se concentra na lei, na ética e na política do avanço das tecnologias biomédicas. Juntamente com um grupo multidisciplinar de colaboradores, aborda questões na interseção da neurociência, da neurotecnologia, do direito e da ética, bem como questões relacionadas à doação, transplante e substituição de órgãos.

Cinara Nahra, professora da UFRN
Professora titular do Departamento de Filosofia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), onde está desde 1995. Atua especialmente na área de ética e filosofia moral, em temas como ética de princípios, utilitarista, deontoutilitarismo, neuroética, enhancement, moral enhancement, ética e política, preconceito, moralismo e bioética. É a humboltiana com mais pós-doutorados em Oxford.

Renato Janine Ribeiro, USP/SBPC
É professor de filosofia, cientista político, escritor e colunista. Ministro da Educação do Brasil entre abril e setembro de 2015, foi eleito presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) em junho de 2021. É Professor-titular da cadeira de Ética e Filosofia política da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP). Atualmente trabalha como colunista do jornal Valor Econômico.

Joel Barbosa, Procempa
Funcionário e coordenador do Comitê de Diversidade, Equidade e Inclusão da Procempa (CDEI). Especializado em TIC e Administração Tecnológica. Atualmente, representa a Procempa no Conselho do Negro.

Carine Weber, UCS
É professora de Ciência da Computação na Universidade de Caxias do Sul (UCS). Seu trabalho inclui tópicos como sistemas inteligentes, aprendizado de máquina, inteligência artificial na educação, interação criança-robô e inteligência ambiental. Trabalha, atualmente, com letramento digital em escolas de Caxias do Sul.

Steven S. Gouveia, Universidade do Porto (Portugal)
Doutor em Neurofilosofia da Mente pela Universidade do Minho, em Portugal. Atualmente, lidera um projeto de seis anos sobre ética da inteligência artificial em medicina. Algumas de suas áreas de interesse incluem filosofia e ética da inteligência artificial (na medicina); neurofilosofia da mente e ciência cognitiva; ética aplicada (robôs sexuais, voto, ética animal, humor, altruísmo eficaz etc.); neurociência e filosofia da consciência e processamento preditivo; teoria democrática e epistocracia.

Márcia Santana Fernandes, Hospital de Clínicas de Porto Alegre/UFRGS
Pesquisadora associada do Laboratório de Pesquisa em Bioética e Ética na Ciência do Centro de Pesquisas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (Lapebec/HCPA). É membro do Comitê de Bioética do HCPA e coordenadora do Núcleo de Estudos em Direito, Saúde e Bioética da Escola Superior da Magistratura do RS (ESM). Concentra seus estudos em direitos humanos e direito, com ênfase em direito civil e direitos fundamentais; bioética; ética na ciência; biobanco; biotecnologia; direito da propriedade intelectual; transferência de tecnologia e inovação; pesquisa clínica e o direito.

Serviço
O quê: 8º Colóquio de Bioética, Neuroética e Ética da IA
Quando: 8 a 12 de abril de 2024
Onde: auditório do Prédio 9 da PUCRS, em Porto Alegre – presencial nos dias 8, 9 e 10 e via Zoom nos dias 11 e 12 (links das salas virtuais estão no site da programação)
Inscrições: gratuitas, necessárias somente para quem deseja receber certificado, em https://webapp.pucrs.br/inscricao-siproex/?projeto=00fa9e6e34a8fa76

Sobre o Tecnopuc
O Tecnopuc – Parque Científico e Tecnológico da PUCRS – é um ecossistema de inovação global que tem como missão ajudar a transformar a sociedade por meio do conhecimento aplicado em negócios inovadores e de impacto ambiental, social e econômico, desenvolvendo e conectando talentos e organizações anywhere a partir da ciência e da tecnologia. A atuação do Tecnopuc se baseia em quatro áreas: indústria criativa, tecnologia da informação e comunicação, ciências da vida e energia e meio ambiente. Esse ecossistema abriga 250 organizações e 6,5 mil pessoas, conectadas a mais de 150 ambientes de inovação espalhados pelo mundo. Em 10 anos, a meta é desenvolver mil negócios inovadores nesse ambiente. Algumas das organizações globais expoentes ligadas ao Tecnopuc são Apple Developer Academy, HP, KPMG, Marcopolo e Junior Achievement, enquanto as nacionais e startups incluem Globo, Sebrae, UOL Edtech, 4all, getnet, entre muitas outras.

Sobre a PUCRS
Com um ativo ecossistema de inovação – da graduação à pós-graduação –, uma série de rankings nacionais e internacionais apontam a PUCRS como uma das melhores universidades do Brasil e da América Latina. Investigação científica de alto padrão, impacto social, aprendizagem contínua e um consolidado projeto de internacionalização caracterizam a instituição, que já diplomou mais de 200 mil estudantes.