AGRISHOW
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-cna-senar-agronegocio-agrotech-startse-sp-2
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-esg-ia-cni-cna-cnc-hub-startups-sebrae-espirito-santo-es-esx-programacao-aldo-rosa-1
construcao-inovadora-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-cbic-sinduscon-acomac-materiais-industria-feira-construsul-bc-balneario-camboriu-2
innovation-trends-2024-ecosystem-corporates-startups-hubs-government-investors-brazil-aim-congress-abu-dhabi-united-arab-emirates-aldo-rosa-1
innovation-trends-2024-ecosystem-corporates-startups-hubs-government-investors-brazil-germany-hannover-messe-energy-carbon-aldo-rosa-ceo-7

Alacero Summit nos 08 e 09.11.23 em São Paulo

Alacero Summit nos 08 e 09.11.23 em São Paulo

Alacero Summit 2023, principal evento da cadeia de valor do aço da América Latina, acontece em novembro e aborda temas como sustentabilidade, transição energética, geopolítica e inovação

Anualmente, evento reúne os principais executivos do setor com uma agenda focada nos principais desafios da indústria

Alacero, Associação Latino-Americana do Aço, realiza há mais de 60 anos o congresso Alacero Summit, espaço de encontro da indústria do aço da região para troca de conhecimentos, experiências e soluções inovadoras. A edição 2023 acontece nos dias 8 e 9 de novembro, das 8h às 15h, no Transamérica Expocenter, em São Paulo, Brasil. É uma oportunidade única de networking, pois recebe cerca de 800 executivos de empresas como ArcelorMittal, DeAcero, Gerdau, Ternium, Primetals, Danieli e Vale, entre outras. A programação completa pode ser consultada em summit.alacero.org. Nesta edição serão promovidos debates sobre temas-chave para o setor: mercados e geopolítica, Inovação e indústria 4.0, sustentabilidade e transição energética.

“Precisamos aproveitar para estar com os principais players do setor para falar sobre as oportunidades e desafios que temos em comum: a descarbonização e a contribuição para o desenvolvimento econômico e social da indústria de aço local, especialmente diante da ameaça da produção chinesa. Para cada tonelada de aço produzida, as empresas latino-americanas emitem 1,6 toneladas de CO2, número inferior à média mundial de 1,8 toneladas, segundo a worldsteel. Para atingir os objetivos de redução das emissões de CO2 até 2050 são necessários conscientização, discussão, ação e projetos de toda a indústria em conjunto”, afirma Alejandro Wagner, diretor executivo da Alacero.

No primeiro dia, no bloco de mercados e geopolítica, Vikram Mansharamani, especialista em tendências globais, apresenta uma abordagem não convencional sobre como navegar nas intermináveis correntes cruzadas da incerteza econômica, financeira e geopolítica global. A seguir, Brian Winter, analista político para a América Latina e editor-chefe do Americas Quarterly, apresenta um apelo (relativamente) otimista a favor da América Latina. Pouco depois, Máximo Vedoya, CEO da Ternium, traz uma análise das oportunidades de reindustrialização para a América Latina a partir de um case do México.

O bloco inovação e indústria 4.0 inicia com Santiago Bilinkis, empresário e tecnólogo, falando sobre o desafio de inovar na era digital. A sessão conta ainda com dois painéis de discussão e apresentação de cases: o primeiro sobre tecnologias e digitalização com as grandes empresas Primetals, Danieli e Russula, e o segundo com startups tecnológicas que estão fornecendo soluções para a indústria, como Agilean, Kraftblock e Ubiratã.

No segundo dia, Gustavo Werneck, CEO da Gerdau, aprofunda como o setor impacta positivamente as comunidades por meio da promoção da educação, habitação, saúde e cultura. Em seguida, são apresentados os casos específicos do setor e da cadeia de valor do Grupo Techint, ArcelorMittal, Gerdau, Vale e Whirlpool. Sobre o tema da transição energética, Marcelo Martínez Mosquera, Presidente do Departamento de Energia da União Industrial Argentina, oferece uma visão global da energia no mundo e da transição energética. Em seguida, Jefferson De Paula, Presidente da ArcelorMittal Brasil, CEO Aços Longos e Mineração LATAM, apresenta como a indústria latino-americana está enfrentando esse desafio e, por fim, em um painel de casos, empresas de energia como a Engie e Casa dos Ventos, e a consultoria McKinsey & Company, explicam como os recursos naturais constituem uma oportunidade para a região.

Além do conteúdo das conferências, o Alacero Summit 2023 conta com uma exposição comercial com a presença das principais marcas, três espaços imersivos e excelentes oportunidades de networking, no principal evento da indústria do aço da América Latina.

Sobre a Alacero

A Associação Latino-americana de Aço é uma entidade civil sem fins lucrativos que integra a cadeia de valor do aço latino-americano com o objetivo de promover emprego industrial de qualidade, integração regional, inovação tecnológica, cuidado com o meio ambiente, excelência em recursos humanos, segurança no trabalho, desenvolvimento integral de suas comunidades e responsabilidade corporativa. Fundada em 1959, é composta por mais de 60 empresas produtoras e afins e mais de 1,4 milhão de trabalhadores, cuja produção se aproxima de 60 milhões de toneladas por ano. A Alacero é reconhecida como Organização Especial de Consultoria pelas Nações Unida e representa a cadeia latino-americana perante organismos internacionais como worldsteel, OCDE, Agência Internacional de Energia (IEA), ONU (UNCTAD) e BID, aos quais leva as ideias e posições de seus parceiros.

https://acobrasil.org.br/